Com golaço e pênaltis, Corinthians derruba a invencibilidade do Palmeiras

Um clássico que teve de tudo e acabou mais uma vez com vitória do Corinthians sobre o Palmeiras. Diante de 42 mil torcedores em Itaquera, o time alvinegro bateu o Palmeiras por 2 a 0 e encerrou a série invicta do rival na temporada. Os gols foram marcados por Rodriguinho, na primeira etapa, e Clayson, já nos minutos finais.

O jogo acabou marcado por um golaço de Rodriguinho, que deixou dois adversários no chão antes de abrir o placar. Além disso, a partida teve dois pênaltis marcados pelo árbitro Raphael Claus a favor do Corinthians.

No primeiro, Jailson foi expulso após cometer falta em Renê Júnior. Jadson desperdiçou a cobrança ao chutar para fora. Na segunda penalidade máxima, Clayson conseguiu vencer Fernando Prass, que entrou no jogo após expulsão de Jailson.

Com a vitória, o Corinthians encerra uma série de três jogos sem vencer. O time soma 16 pontos e lidera o grupo A. Já o Palmeiras, que estava invicto nos oito jogos de 2018, tem 20 pontos, também na liderança do grupo C.

O Corinthians volta a campo pelo estadual no próximo sábado, contra o Santos, no Pacaembu. Antes, na quarta, o time enfrenta o Millonarios na Colômbia na estreia da Libertadores. O Palmeiras, por sua vez, mede forças com o Junior Barranquila na quinta, também em solo colombiano e pela competição continental, e o São Caetano na segunda seguinte, no Allianz Parque, pelo Paulistão.

Os melhores:

Rodriguinho

Com mais liberdade para chegar à frente e até entrar na área para finalizar, o meia alvinegro foi o protagonista da partida. Além de marcar um golaço no fim do primeiro tempo, com direito a deixar dois adversários no chão, Rodriguinho ainda esbanjou categoria na etapa final ao driblar Felipe Melo no meio-campo.

Felipe Melo

O volante fugiu das provocações dos corintianos no início da partida. Na sequência, além de ajudar na marcação, o meio campista foi o responsável por fazer a ligação entre a defesa e o ataque. Quase todas as jogadas passaram pelos pés dele, que soube quando necessário cadenciar o jogo.

Os piores:

Jadson

Embora tenha feito um bom primeiro tempo, o meio-campista corintiano desperdiçou a chance de abrir 2 a 0 no placar ao cobrar muito mal um pênalti na etapa final. Logo em seguida, ele foi substituído por Mateus Vital e deixou o campo bastante abatido.

Fonte: Redação

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?